Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Acaba de morrer o primeiro cão que testou positivo para COVID-19

Buddy ficou conhecido no mundo todo por ter sido o primeiro cão a desenvolver os sintomas de covid-19, da raça pastor alemão, o cão já estava com sete anos de vida, quando começou apresentar

PUBLICIDADE

Esse foi o primeiro registro de fatalidade entre animais desde o surgimento da pandemia de coronavírus. De acordo com documentário divulgado na Revista National Geographic, os donos levaram Buddy ao médico veterinário assim que o animal de estimação começou apresentar dificuldade para respirar.

Os primeiros sintomas surgiram no dia 21 de abril, desde então o animal começou a entristecer, perder peso e a cada dia parecia mais desanimado, os médicos porém, não acreditavam que pudesse ser coronavírus e só o testaram em 15 de maio, e para surpresa de todos, o resultado veio positivo para covid-19, como contou Robert Mahoney, seu dono.

PUBLICIDADE

Coronavrus Morre o primeiro co que testou positivo para a

 

Ele foi finalmente testado em 15 de maio, um mês após o surgimento dos sintomas, no Bay Street Animal Hospital, em Rosebank. Seu teste voltou positivo, e os resultados foram confirmados mais tarde pelo Departamento de Saúde da cidade de Nova York, segundo a revista.

 

Buddy morreu em 11 de julho. Os registros médicos revisados ​​pela revista indicam que o cão provavelmente também teve linfoma, um tipo de câncer.

Morre o primeiro co que testou positivo para coronavrus nos EUA

‘Não está claro se o câncer o tornou mais suscetível a contrair o coronavírus, ou se o vírus o deixou doente, ou se foi apenas um caso de tempo coincidente’, diz a nota.