Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Bob Esponja gay? Canal oficial do desenho adiciona o personagem na celebração do mês do orgulho LGBT

  • Roberta R 

Nickelodeon, Disney, Cartoon e outras grandes emissoras de conteúdo infantil tem sido cada vez mais intensas nas campanhas de conscientização e contra manifestações de preconceito. As ações não são isentas de críticas, no entanto.

PUBLICIDADE

Recentemente, as produções para o público infantil tem recebido cada vez mais atenção no sentido de inclusão e diversidade. A Disney se viu em meio de polêmica, por exemplo, ao escolher Halle Bailey, uma atriz negra, como sereia Ariel, tradicionalmente retratada como branca e ruiva.

Outros exemplos incluem a adição de personagens abertamente LGBTs em suas produções. Apesar disso, a verdade é que muitos personagens ao longo da história das emissoras já foram construídos nessa direção e ninguém se deu conta.

PUBLICIDADE

No filme “O Espanta Tubarões”, por exemplo, lançado em 2004, o personagem “Lenny” é um tubarão que se “tranveste” de golfinho para fugir do regime matador da própria família e assumir a personalidade delicada que possui.

Páginas: 1 2