Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

‘Ciclone bomba’: Temporal violento atinge Rio Grande do Sul e causa estragos, queda de luz e soterramento

A Universidade Federal de Pelotas fez um alerta sobre a chegada de um grande temporal ao estado do Rio Grande do Sul e recomendou precauções a população. O “Ciclone bomba”, como ficou sendo chamado, causou grandes estragos e pelo menos uma morte.

PUBLICIDADE

Os ventos chegaram a 100km/h, além da chuva forte, e causaram destruição derrubando árvores, danificando o sistema elétrico e causando perdas materiais a várias famílias. Ainda na manhã, cerca de 900 mil casas estavam sem energia elétrica.

De acordo com a Defesa Civil, pelo menos 871 casas haviam sido danificadas e 1.035 pessoas foram diretamente afetadas. Os números, no entanto, ainda podem sofrer variação. A região continua sendo alvo de uma chuva forte e segue sob monitoramento.

PUBLICIDADE

O temporal atingiu principalmente a região metropolitana, alcançando inclusive a capital, além do Litoral Norte do estado. Os estragos listados apontam para residências destelhadas, rodovias que cederam com o temporal, a falta de energia, além de um soterramento.

Páginas: 1 2