Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Coronavírus: Terão vacinas para todos os 210 milhões de brasileiros?

Em meio a pandemia do novo coronavírus, a única notícia que queremos escutar é que finalmente a vacina está pronta, mas por enquanto a cura ainda não foi descoberta, muitas pessoas se questionam sobre a distribuição da mesma.

PUBLICIDADE

Além disso, você já pensou se a vacina será dada a todas as pessoas? Se haverá uma quantidade suficiente para todos?

No Brasil existem cerca de 210 milhões de pessoas, será que a mesma irá ser dada a todos estes?

PUBLICIDADE

Flávio Guimarães, o virologista da UFMG, explica como será a distribuição da vacina e se haverá para toda a população.

O especialista revela que no começo não. Logo que a mesma estiver pronta e for liberada para uso, algumas pessoas terão prioridade em receber a vacina contra o novo coronavírus.

Os grupos que terão prioridade em receber a imunidade, serão os de risco para o vírus, além dos profissionais que atuam diretamente com a doença, os quais prestam serviços essenciais.

O Instituto Butantan, o qual irá produzir a Coronavac, a vacina para a doença, juntamente com a Sinovac, empresa chinesa, revelou no último dia 22, na quarta-feira, que planeja produzir 240 milhões de doses.

Esta vacina terá o apoio de doações, porém a quantidade divulgada ainda não é um número suficiente para atender toda a população.

As pessoas que irão receber a Coronavac, terão que tomar 2 doses da mesma para realmente ter a imunidade total ao vírus, por este motivo, a quantidade não é a ideal para atender a todos. Já a vacina de Oxford, a estimativa é de que produzam 100 milhões de doses.