Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Delegada Ivalda Aleixo: polícia investiga mistério acerca do tiro que feriu a oficial em casa, ela foi encontrada sozinha e desacordada

A delegada Ivalda Oliveira Aleixo, da Polícia Civil, foi encontrada por colegas de farda em casa, inconsciente e sozinha. A delegada havia sofrido um tiro na perna e estava desacordada depois de perder uma quantidade relevante de sangue.

PUBLICIDADE

A princípio, a Polícia Civil trabalhava com a hipótese de desentendimento entre Ivalda e a companheira. No entanto, não existem apontamentos sobre os possíveis motivos para o desentendimento. A polícia identificou marcas de tiro nas paredes.

O Boletim de Ocorrência explica o que a polícia sabe até agora. De acordo com o portal R7, Ivalda teria conversado com uma pessoa próxima no domingo. A ligação teria partido dessa pessoa, que notou um certo nervosismo na voz da colega.

PUBLICIDADE

Essa pessoa teria ficado preocupada com o aparente nervosismo de Ivalda e decidiu comunicar uma outra colega. Essa segunda colega, por sua vez, acionou um colega que também trabalha na Polícia Civil. Acompanhado da esposa, ele foi até a casa de Ivalda.

O casal chegou na casa da delegada e conversou com ela, Ivalda concordou em entregar sua arma para evitar qualquer tipo de problema. Satisfeitos com a entrega da arma, o casal deixou o apartamento, e Ivalda teria ficado sozinha.

Tudo isso aconteceu na noite de domingo, já na manhã de segunda foi acionado o resgate para a casa da delegada. Uma mulher recebeu uma foto onde Ivalda aparecia suja de sangue e aparentemente ferida.

Ivalda foi socorrida e levada ao Hospital das Clínicas, mas agora está no Instituto do Coração. A Corregedoria da Polícia Civil foi acionada para investigar o caso. O boletim de ocorrência aponta lesão corporal.