Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Ele se motivou com viagens e a reforma da casa para conseguir parar de fumar

  • Roberta R 

Só quem já lutou contra um vício sabe o quão difícil é colocar um ponto final, mas nem por isso é impossível. As vezes, o que realmente é necessário é uma fonte de inspiração e motivação para dizer não todas as vezes que bater a tentação. Nilo Veloso, de 66 anos, conseguiu parar de fumar colocando o sonho de reformar a casa e viajar como objetivos.

PUBLICIDADE

O idoso contou, ao portal Vix, que sofreu um princípio de infarto e isso o fez abrir os olhos para a realidade e para o quão frágil a vida realmente é. Depois disso, ele impôs a meta de parar de fumar e trabalhou para isso. Veloso afirmou que chegava a fumar impressionantes 3 maços de cigarro por dia durante uma fase de sua vida.

PUBLICIDADE

Se você não esta familiarizado com um maço de cigarro, a gente faz as contas por você. Um maço tem 20 cigarros, geralmente. Se ele chegou a fumar 3 maços por dia, isso significa 60 cigarros por dia. Cada região do Brasil, cada marca, vai ter um preço diferente. Mas vamos supor o valor médio de 7 reais por maço, eram 21 reais por dia. 630 reais por mês.

Veloso conta que começou a fumar ainda muito jovem, com 20 anos, e que naquela época o fumo era visto como algo positivo. “Era um charme”, ele conta. A dependência era tanta que Nilo chegava a fumar logo depois de acordar, antes mesmo de tomar o café da manhã. Ele conta que ter largado o vício foi um verdadeiro milagre.

Nilo conta que parou de fumar em 2005 e que, daquele dia em diante, ele sempre guardava R$7,50 diariamente. O valor que gastaria com o cigarro, ele deposita em um cofre e só abre uma vez por ano. No começo, o valor era de quase R$3 mil, mas que agora ele dobrou essa poupança porque guarda também R$14 por dia.