Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Escritor causa revolta ao dizer que mulheres de 50 anos são velhas demais para serem amadas

Para muitas pessoas o amor não possui uma idade máxima. Ele se encontra presente em todos os momentos da vida. Há algum tempo atrás o escritor e apresentador francês, Yan Moix, se posicionou contra isso.

PUBLICIDADE

Yan possui uma fama razoável e até o momento não conseguiu explodir no mundo como um dos grandes escritores da atualidade. Porém, uma declaração relacionada ao amor, acabou dando todos os holofotes para o apresentador.

Moix afirmou que as mulheres que possuem 50 anos de idade ou mais, já estariam velhas demais para serem amadas por outra pessoa. Não demorou muito para que a fala do escritor se tornasse viral nas redes sociais.

PUBLICIDADE

A declaração gerou uma grande repercussão negativa para o apresentador que começou a receber muitas críticas. Yan decidiu ir mais além comparando duas mulheres de diferentes idades.

Colocou na fala uma jovem de 25 anos alegando que seu corpo era infinitamente mais bonito do que de uma mulher de 50 anos de idade. Para Moix, um relacionamento sério só se encontra viável com mulheres até 40 anos.

A negação pela fala do escritor foi gigantesca. O público feminino nem o público masculino gostaram do que foi dito durante a entrevista.

As coisas ficaram mais quentes quando uma jornalista de 52 anos de idade decidiu responder as críticas do apresentador de uma maneira inesperada. Ela publicou uma foto do ‘traseiro’ para provar que mulheres mais velhas são lindas.

Na legenda a escritora chama Yan de ‘imbecil’ ressaltando que ele não tem ideia do que está deixando passar nesta vida por causa de limitações como a idade. “Voilá, a bunda de uma mulher de 52 anos… que imbecil você é, não sabe o que está perdendo”, comentou a jornalista.