Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

‘Eu sou louco’ foram as palavras de Bravery enquanto ele jogava uma criança de 6 anos da sacada porque queria ‘aparecer no noticiário’

Em agosto do ano passado, foi noticiado globalmente um ataque bizarro e revoltante de um adolescente contra uma criança. Jonty Bravery jogou um menino, de 6 anos, de uma sacada de 10 andares e afirmou que “queria aparecer no noticiário”.

PUBLICIDADE

Em dezembro, ele se declarou culpado das acusações. O caso aconteceu no museu Tate Modern, em Londres, Inglaterra. Em depoimento, Bravery afirmou que se sentiu “no topo do mundo” depois de atentar contra a vida do menino, que é francês e estava curtindo o feriado com a família na capital inglesa.

Investigadores descobriram mais tarde que Jonty havia pesquisado sobre “a forma mais rápida de matar” e também “crianças vulneráveis”, dias antes do ataque. Na época do crime, ele tinha 17 anos e se declarou culpado da acusação de tentativa de homicídio.

PUBLICIDADE

Mesmo depois de cair de uma altura equivalente a 10 andares, o menino sobreviveu com graves lesões. Ele sofre de sequelas ainda hoje e pode ter sequelas por toda a vida. A família afirma que Jonty gritou que era “louco” antes de jogar o garoto.

Páginas: 1 2