Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Família brasileira consegue localizar primo que estava no Líbano durante explosão: homem mora a apenas 2 quilômetros do acidente

Uma família brasileira passou horas sem conseguir respirar direito em busca de um parente que mora no Líbano, a apenas dois quilômetros da região onde houve a explosão recente. Basan, 45 anos, não atendia as ligações.

PUBLICIDADE

João Davi Charro, um primo brasileiro do homem, chegou a procurar reportagens da mídia nacional para pedir ajuda. Uma matéria do G1 destaca a busca da família por notícias sobre o estado de saúde dos parentes que vivem no Líbano.

Foi exatamente em uma atualização sobre o caso, publicada no G1, que Charro confirmou que conseguiu contato com o primo Basan. O homem não estava atendendo as ligações porque ainda estava sem energia elétrica.

PUBLICIDADE

Basan também estava em busca de atendimento médico para a filha, de 23 anos, que sofreu cortes e lesões no braço por conta da explosão. A região em Beirute esta completamente devastada e a casa da família sofreu danos.

Charro confirmou que a filha do primo se feriu, mas não há gravidade nos ferimentos. Basan foi contatado por outros primos que também vivem no Líbano. A família brasileira ainda não conseguiu contato direto com Basan.

João Charro informa que nenhum outro parente da família se feriu, apenas a filha de Basan e sem gravidade. Ainda assim, destaca que todos estão muito assustados e que o cenário que eles narram é completamente de guerra.

Outro primo da família, Andre Azar, que vive na cidade de June, próximo a Beirute, afirma que mesmo nesta localidade mais longe o impacto da explosão foi sentido.