Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Filho escala parede do hospital todos os dias desde internação da mãe com coronavírus para ver e se despedir da matriarca

Rasmi Suwaiti, 73 anos, foi infectada pelo novo coronavírus e precisou ser internada, pois seu quadro foi piorando rapidamente. O filho dela, Jihad Al-Suwaiti, queria muito ficar próximo à mãe nesse momento tão difícil, mas foi proibido de entrar no hospital por causa do alto risco de infecção.

PUBLICIDADE

O rapaz ficou desesperado, pois queria muito mostrar à mãe que ela não estava sozinha e que ele estava à disposição dela, foi então que ele teve a ideia de escalar uma das paredes do hospital para assim chegar até a janela do quarto em que sua mãe se encontrava.

De acordo com informações da rede Al Jazeera, o rapaz de 30 anos voltou ao hospital todos os dias desde a data da internação da mulher, escalou a parede e ficou na janela olhando a mãe, até a data de sua morte, na última quinta-feira (16).

PUBLICIDADE

Um porta-voz do hospital informou que o rapaz se agarrava ao cano junto à parede para conseguir chegar até a janela e ver a mãe que estava internada no segundo andar.

Ele ficava a maior parte do dia no local, apenas observando a idosa, e ia embora somente quando ela adormecia.

A história de Jihad Al-Suwaiti viralizou nas redes sociais e tem emocionando pessoas do mundo todo. O rapaz mora na cidade de Beit Awwa, que fica na Cisjordânia, está arrasado com a morte da mãe.

Rasmi, a mãe, já vinha travando uma batalha contra o câncer e precisou ser internada na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Estadual de Hebron, mas não resistiu.