Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Fiocruz identifica 3 tipos do novo coronavírus que teriam entrado no Brasil pela Amazônia

Pesquisadores de todo o país se esforçam no sentido de mapear e identificar os primeiros passos do coronavírus no Brasil, desde o começo da pandemia. Uma nova descoberta da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) identificou pelo menos 3 tipos diferentes do novo coronavírus.

PUBLICIDADE

O coordenador do estudo, Felipe Naveca, deu alguns detalhes das descobertas. Ao todo, o estudo identificou três tipos do novo coronavírus no estado do Amazonas: B.1, B.1.1 e também o tipo A2. Os pesquisadores também conseguiram mapear esses tipos.

No caso dos dois primeiros tipos, B.1 e B.1.1, os países de maior circulação foram Reino Unido, Estados Unidos e Austrália. Já no caso do segundo: Reino Unido, Espanha e Austrália. A principal teoria é que a grande circulação de turistas na região tenha trazido o vírus.

PUBLICIDADE

Outro dado importante é a falta de informações sobre o que a variação desses tipos do vírus causa no corpo humano. Ou seja, não se sabe ainda se os tipos se comportam de forma diferente ou se estão relacionados a manifestação mais branda ou mais grave da doença.

Páginas: 1 2