Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Fundador da Ricardo Eletro é preso ao lado da filha; suspeita de sonegação na casa dos R$400 milhões

A polícia civil efetuou a prisão de Ricardo Nunes, fundador e ex-acionista principal da rede de lojas Ricardo Eletro. Ricardo é apontado como um dos chefes de uma organização de sonegação de impostos e lavagem de dinheiro. A filha do empresário também foi presa.

PUBLICIDADE

Além de Ricardo e Laura Nunes, que já estão sob custódia da polícia, há ainda dois mandados de prisão emitidos contra o irmão de Ricardo, Rodrigo Nunes, e também contra Pedro Daniel Magalhães, diretor da Ricardo Eletro.

As investigações apontam para um desvio de R$400 milhões em impostos nos últimos 5 anos, ao mesmo tempo em que o patrimônio pessoal do empresário aumentava. O Ministério Público de Minas Gerais informou como funcionava o esquema.

PUBLICIDADE

De acordo com o Órgão, embora a loja repassasse o valor dos impostos aos consumidores finais, não repassava esses valores ao Estado. A empresa está atualmente em estado de recuperação, enfrentando dificuldade para pagar as dívidas.

Páginas: 1 2