Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Homem finge que tem câncer e toma dezenas de comprimidos por dia para evitar o fim do namoro

Kevin Bevis é um apaixonado britânico de 38 anos que, por um ano inteiro, fingiu que estava com câncer terminal só para que sua namorada não terminasse o romance. O sujeito chegava a tomar cerca de 20 comprimidos todos os dias, para convencê-la de que estava mesmo no fim.

PUBLICIDADE

Ele contava que a doença estava avançando, seu estado piorando a cada dia e por isso tomava os remédios, só que era tudo mentira, Kevin estava muito bem de saúde, mas a jovem nem desconfiava.

Entretanto, um dia, Karen Gregory descobriu tudo, toda a farsa do namorado. Depois do ocorrido ela deu uma entrevista ao jornal Kent Online, no Reino Unido, contando como foi esta história inusitada, que muitos até pensam que é mentira, mas de fato aconteceu.

PUBLICIDADE

Karen conheceu Kevin em 2016, em uma rede social e não demorou muito para começarem a namorar. Em 2018 ela quis terminar o relacionamento, mas foi quando o sujeito disse que estava com um câncer no estômago e era grave.

A mulher acreditou no namorado, pois nunca imaginou que alguém fosse capaz de inventar isso. Kevin enganava até mesmo os pais, amigos e vizinhos, por isso ninguém desconfiou de nada.

Uma vez a britânica chegou a levar o namorado para fazer a quimioterapia, mas ele insistia em não ter a companhia dela, inclusive nas consultas médicas. Ele dizia que Karen não podia vê-lo naquela situação, pois era muito triste.

Só que um dia eles brigaram e a mulher foi à delegacia e denunciou o namorado por violência doméstica. Ele foi chamado e para os policiais contou que não estava doente, foi assim que a verdade veio à tona.

Karen terminou o namoro imediatamente e agora tenta superar este trauma, mas até hoje tem pesadelos com o ex e encontra dificuldade para iniciar um novo relacionamento.