Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Homem que ganhou bolada de R$ 47 milhões na Mega-Sena é covardemente assassinado; bandidos fizeram PIX de sua conta

A Polícia Civil do Estado de São Paulo investiga a dinâmica do assassinato de um homem de 55 anos encontrado nesta quarta-feira (14) com sinais de espancamento.

PUBLICIDADE

A vítima, ainda com vida, estava às margens da SP-348, a Rodovia dos Bandeirantes, na altura da cidade de Hortolândia. Socorrido, Jonas Lucas Alves Dias foi encaminhado às pressas para um hospital, mas faleceu horas depois.

Em sua certidão de óbito consta um “traumatismo cranioencefalico” como a causa da morte.

PUBLICIDADE

Em 2020, a vítima ganhou uma bolada de 47,1 milhões de reais na Mega-Sena. Com efeito, as autoridades policiais trabalham com a linha investigativa de latrocínio, que é o roubo seguido do assassinato da vítima, justamente por conta do prêmio milionário.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, existem várias tentativas de saques nas contas bancárias da vítima – uma delas na casa dos três milhões de reais.A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que os criminosos conseguiram realizar transferências por meio da modalidade PIX, totalizando 20 mil reais. Além disso, os cartões de débito de Jonas Lucas foram levados pelos assassinos.

Os familiares afirmam que o homem saiu para caminhar na terça-feira (13) e não voltou para casa. No fim do dia, após buscas infrutíferas, os parentes acionaram a Polícia Militar, registrando um boletim de ocorrência por conta do desaparecimento.

A vítima foi encontrada somente na manhã desta quarta-feira, sendo socorrida por uma ambulância da concessionária da rodovia e encaminhada ao Hospital Mário Covas, onde teve o óbito constatado.