Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Incêndio em igreja durante missa tira a vida de 41 fiéis; vídeos

No Cairo, na região do Egito, neste último domingo, dia 14 de agosto, um incêndio começou durante uma missa. Por conta do fogo, 41 pessoas morreram. A tragédia atingiu diretamente a maior comunidade cristã do Oriente Médio, que conta com cerca de 10 a 15 milhões de fiéis apenas no Egito.

PUBLICIDADE

De acordo com a Igreja Copta Egípcia, ainda foi informado que 14 pessoas ficaram feridas. Um comunicado oficial foi publicado no Facebook da Igreja para atualizar com informações sobre o trágico acidente.

“O ar condicionado de uma sala de aula do segundo andar do prédio onde fica a igreja quebrou, provocando a liberação de uma grande quantidade de fumaça, que foi a principal causa das mortes”, foi informado a causa de todo o acidente.

PUBLICIDADE

Um morador do bairro próximo a igreja contou que vizinhos se organizaram para conseguir ajudar as vítimas, principalmente, as crianças. Porém, Reda Adhmed, revelou que muitos dos que foram para tentar ajudar, não conseguiram mais voltar, visto que o fogo ficou extremamente intenso.

Ainda foi dito que o incêndio começou devido a um gerador que ligou por conta de uma queda de energia, causando toda uma sobrecarga no local.

O Ministério da Saúde enviou dezenas de ambulâncias para tentar combater o incêndio. O Ministério Público também informou que um inquérito foi aberto para investigar com detalhes quais foram as causas do incêndio.

No Egito, incêndios acidentais não são considerados como raros.