Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Jornalista, âncora de telejornal, é encontrada morta e polícia confirma: ‘Tirou a própria vida’

Uma triste notícia caiu como uma bomba sobre os amigos, familiares e milhões de fãs de uma jovem, bela e competente jornalista que foi encontrada morta em sua residência.

PUBLICIDADE

A apresentadora e âncora de um telejornal foi encontrada sem vida no último dia 27 de agosto.

Contudo, somente agora é que a polícia divulgou a causa da morte da jovem jornalista Neena Pacholke, âncora de um telejornal de Winsconsin, localizada nos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

O departamento de polícia de Wasau, confirmou que a causa da morte de Neena Pacholke, foi suicídio.

“A polícia de Wasau e a perícia médica podem confirmar que a causa da morte de Neena Pacholke foi suicídio”, afirmou o comunicado.

As autoridades locais ressaltaram a importância de pedir auxílio quando o assunto é a saúde mental, vale lembrar que setembro é o mês dedicado a prevenção do suicídio.

As autoridades locais foram acionadas na manhã do dia 27 de agosto para que fossem até a casa de Neena Pacholke, de 27 anos, com o intuito de verificar como ela estava após compartilhar mensagens suicidas horas antes da polícia encontrá-la sem vida.

Após chamarem a jornalista por diversas vezes e não serem atendidos, os agentes de segurança entraram na residência e a encontraram morta.

Wisconsin News Anchor Neena Pacholkes Cause of Death Confirmed by Police

Neena Pacholke. Reprodução / Facebook

Kaitlynn, irmã da jornalista, concedeu uma entrevista para um jornal local e se disse surpresa e chocada após saber que Neena havia tirado a própria vida.

Segundo Kaitlynn, a sua irmã era a pessoa mais feliz que ela conhecia, era querida por todos, era uma excelente profissional e reconhecida em seu trabalho. E deixou um alerta importante ao dizer que por mais que se conheça uma pessoa, muitas vezes você realmente não sabe o que está passando com ela.

Procure ajuda

Caso você tenha pensamentos suicidas ou esteja passando por momentos difíceis procure ajuda especializada no Centro de Valorização da Vida – CVV

O CVV funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados).