Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Jornalista que acusou Michelle Bolsonaro de caso extra conjugal será processado

A primeira-dama brasileira Michelle Bolsonaro se viu em meio a uma polêmica com o seu nome nos últimos dias através das redes sociais. Isso por que um revista renomada publicou uma matéria onde Michelle era o alvo, declarando eu ela estava tendo um caso extra conjugal.

PUBLICIDADE

O suposto homem com quem a primeira-dama estaria tendo um envolvimento seria o ex-ministro do atual governo Osmar Terra, segundo publicado pela Revista Istoé.

Em meio a toda polêmica tanto o presidente quanto sua esposa se mantiveram em silêncio até a manhã deste domingo (8), data em que se comora o Dia Internacional da Mulher, Michelle resolveu se pronunciar a respeito do fato.

PUBLICIDADE

Através de uma nota oficial o advogado de Michelle, Dr. Daniel Bialski declarou que vai representar ela agora em uma ação contra o jornalista que publicou a matéria em questão.

O advogado ainda declarou que o objetivo agora é manter o bom de Michelle, que além de ser uma representante da pátria também é uma mulher casada, mãe de filha adolescente e cristã.

No entanto até o momento não se tem mais nenhuma informação a respeito da situação do processo que será movido pela primeira-dama brasileira contra o jornalista em questão.

Além disso, não foi divulgado também nenhuma retratação da revista em questão ou um pronunciamento a respeito do caso da parte da revista.

O diretor da revista Istoé, Seu Germano Oliveira também será processado no caso da mesma forma que o jornalista em questão que publicou a matéria expondo Michelle Bolsonaro, alegando que ela estava vivendo um caso extra conjugal com o ex-ministro do governo atual.

A revista também não fez nenhum pronunciamento a respeito de sua posição diante da situação nem mesmo através de seus representantes legais.