Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Jovem de Belo-Horizonte conta a triste realidade causada pela Covid-19 em sua casa: “Na quinta enterrei meu avô, na terça o meu tio e na quarta a minha tia”

As pessoas têm perdido parentes para a covid-19 todos os dias. Cada um possui sua história triste, uma vez que são marcados por uma perda brusca devido a essa nova doença.

PUBLICIDADE

Maicon Dias relatou que em poucos dias de diferença perdeu o avô, o tio e uma tia, quase em sequência, todos por causa do coronavírus. O rapaz é de Betim, região metropolitana da grande BH.

Maicon contou que o seu avô tinha muita saúde, que há poucos dias antes todos estavam atrás dele, brigando para ele poder descer de uma árvore. O neto conta que o avô não se importava muito em se cuidar, parecia um adolescente.

PUBLICIDADE

Os tios, Álvaro e Marlene, que ainda não tinham 60 anos, cuidavam de uma igreja evangélica. Eram pessoas que sempre estavam unidos cultuando à Deus, pessoas de fé, que faziam com frequência trabalhos de cuidados sociais com as pessoas. Segundo o jovem, eles levavam alimentos, cuidavam das pessoas necessitadas.

Páginas: 1 2