Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Jovem é incendiada viva e perde a vida carbonizada após recusar pedido de casamento; ela conseguiu indicar o criminoso enquanto agonizava

Uma jovem faleceu depois de ter o corpo incendiado enquanto dormia. Identificada como Ankita Singh, a vítima não foi capaz de resistir aos graves ferimentos. O crime foi registrado na Índia no último dia 23 de agosto, mas somente agora as informações repercutiram na imprensa internacional. A motivação do homicídio teria sido a recusa diante de um pedido de casamento feito por um suposto amigo.

PUBLICIDADE

Informações publicadas pelo jornal local India Today indicam que o homem teria entrado no quarto da vítima durante a noite, enquanto ela dormia. Neste instante, derramou gasolina no corpo da mulher, incendiando-a. O boletim de ocorrência registrado pelas autoridades policiais locais confirma o motivo passional.

O acusado foi encontrado graças às denúncias feitas pela própria vítima. De acordo com o noticiário local, Ankita fez alertas a pessoas próximas e para a polícia indicando que o homem lhe assediava há cerca de duas semanas antes do crime.

PUBLICIDADE

Enquanto agonizava, a vítima despertou do sono e flagrou o suspeito fugindo. “Senti uma sensação de dor nas costas e pude sentir o cheiro de algo queimando. Eu o encontrei fugindo quando abri meus olhos”, conseguiu relatar. “Gritei de dor e fui para o quarto do meu pai. Meus pais conseguiram apagar o fogo e me levaram para o hospital”, continuou a jovem, em seu relato.

Ainda que estivesse lúcida enquanto o seu corpo era incendiado, a vítima, levada ao hospital, não foi capaz de resistir aos severos ferimentos. O seu falecimento foi confirmado pela equipe médica momentos depois.