Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Justiça determina que torcedor do Flamengo preso por assédio seja solto

Depois de ter a prisão convertida em prisão preventiva, e ser encaminhado para o presídio em Benfica, Marcelo Benevides agora ganhou o benefício de responder ao processo em liberdade. O homem é acusado de importunação sexual e assédio.

PUBLICIDADE

Marcelo foi filmado, em transmissão ao vivo inclusive, no momento em que importunava a jornalista Jéssica Dias. A profissional cobria a partida do Flamengo, válida pela Libertadores, quando foi surpreendida pelo agressor com um beijo na bochecha.

A cena foi transmitida ao vivo para todo o Brasil e, graças a ação dos cinegrafistas, Marcelo acabou sendo contido e depois levado à delegacia. Ele teve a prisão em flagrante determinada e o caso foi registrado como importunação sexual.

PUBLICIDADE

Depois de ser levado à Benfica, Marcelo recebeu o direito de responder ao caso em liberdade. A Justiça emitiu nesta quinta-feira o alvará de soltura, que deve ser cumprido em breve. Para poder ficar solto, Marcelo deve concordar com algumas determinações da Justiça.

Uma das regras, por exemplo, é de que Marcelo está proibido de deixar o estado do Rio de Janeiro. Para sair do estado, seja qual for o destino, ele deve pedir autorização à Justiça.

No processo, a polícia recebeu imagens filmadas pelos cinegrafistas da emissora. Segundo as informações, Marcelo já estava assediando a jornalista antes do momento do beijo. Acompanhado do filho, um adolescente de 17 anos, ele acabou sendo contido pelos profissionais para não fugir do local.