Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Luto: morre Cleide Moraes, ‘rainha da saudade’ voltava de show quando carro foi atingido por outro veículo

  • Roberta R 

“Rainha da saudade” paraense não resistiu a ferimentos depois de sofrer acidente na rodovia PA-391. Cleide Moraes viajava em direção a Belém-Mosqueiro quando o carro que ocupava foi surpreendido por outro veículo de passeio.

PUBLICIDADE

A cantora faleceu no local e outras duas pessoas foram encaminhadas ao hospital e não tiveram o estado de saúde divulgado. Cleide voltava de um show realizado em Icoaraci e se dirigia a Belém-Mosqueiro. Personalidades paraenses lamentaram a perda.

O corpo da cantora foi encaminhado ao IML e deve passar por necropsia antes de ser liberado a família. O acidente aconteceu no último domingo, o velório deve ser realizado no Rancho Não Posso de Amofiná, sede da escola de samba.

PUBLICIDADE

A polícia agora investiga se o motorista do outro carro estava sob efeito de álcool. Cleide havia realizado o primeiro show depois de 4 meses com a agenda parada por conta da pandemia de covid-19. O músico Miguel Marks, que também estava no carro, foi hospitalizado.

Cleide Moraes fez sucesso com músicas românticas, especialmente em seu estado natal, e marcou a vida e a história de muitas pessoas, que lamentaram sua morte.

Cleide estava retomando a agenda e os compromissos profissionais de acordo com o que era permitido pelo estado, no que diz respeito as medidas de combate a covid-19. A perda também foi lamentada pelo prefeito de Belém, que prestou homenagem no Twitter.

A morte da “Rainha da Saudade” também foi lamentada pela Secretária de Cultura do Pará, que emitiu nota.