Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Luto! Morre guardador de carros, que ficou famoso após ajudar idosa em alagamento no Rio de Janeiro

O ano de 2019 foi marcado por grandes tragédias, perdas de famosos e enchentes como a que sobreveio ao estado do Rio de Janeiro, por exemplo.

PUBLICIDADE

Durante as fortes chuvas que castigava o povo carioca, um ato de empatia e solidariedade acabou chamando a atenção da mídia e de internautas.

Tudo aconteceu quando um guardador de carros, chamado Varlei Rocha Alves, de 51 anos de idade, se compadeceu de uma idosa que tentava atravessar a rua que estava alagada, em decorrência ao temporal.

PUBLICIDADE

O fato ocorreu em 8 de abril de 2019, quando seu Varlei foi flagrado em uma filmagem improvisando uma ponte com caixotes para que a idosa de 86 anos, identificada como dona Anuzia Correa, passasse para o outro lado da rua com segurança.

Agora o nome de seu Varlei volta a circular nos noticiários e causa comoção em todos que são surpreendidos ao saber de seu falecimento repentino e inesperado.

Conhecido por todos como ‘Capoeira’, o guardador de carros era viúvo, sua esposa morreu atropelada e o deixou cuidando de 11 filhos, que agora estão órfãos após perda do pai que faleceu após sentir um mal estar.

Seu Varlei chegou a ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento – UPA. A equipe médica fez o que pode para ajudá-lo mas nada adiantou, o seu não resistiu e uma parada cardiorrespiratória foi atestado como o motivo do óbito.

Nas redes sociais, todos lamentam a triste perda do guardador de carros que foi ajudado por muitos, através de uma vaquinha on-line, quando na ocasião em que sua história de vida se torou notória em meio ao temporal do Rio de janeiro no ano passado. Descanse em paz seu Varlei Rocha Alves, sua generosidade foi exemplo para todos nós.