Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Menino de 2 anos vence a Covid-19 depois de ficar 13 dias internado e os pais agradecem: “Descobri que havia pessoas orando por ele até fora do Brasil”

Nicollas, de apenas 2 anos, morador de Itaquaquecetuba, região metropolitana de São Paulo, foi diagnosticado com coronavírus, teve várias complicações da doença que o fizeram permanecer no hospital durante 13 dias e, por fim, superou o vírus.

PUBLICIDADE

Após alguns dias de tratamento intensivo, a família estava apreensiva com o estado de saúde do menino, porém, agora ele recebeu alta e se recupera em casa. A mãe, Thamy Barros, disse que ele tem que tomar alguns medicamentos e precisa de acompanhamento médico, mas, após tudo o que já passou, agradece a Deus pelo filho estar em casa.

Thamy postou nas redes sociais agradecendo amigos, familiares e a equipe médica do hospital. Ela agradeceu porque ficou sabendo que havia muitas pessoas orando por Nicollas, pessoas de Pernambuco, Pará, de vários lugares, então, de acordo com a mãe, a vitória não é só dela, mas de todos aqueles que oraram por seu filho também.

PUBLICIDADE

Segundo Thamy Barros, inicialmente, o menino apresentou alguns sintomas da covid-19, como falta de ar e febre, e chegou a se tratar, após consulta médica, seguindo tratamento como se fosse para algum tipo de infecção. Mas os pais perceberam que o quadro de saúde do pequeno estava evoluindo diferente das outras vezes.Após alguns dias, Nicollas reclamou que estava sentindo dor na barriga e foi levado novamente para o hospital, onde fez exame de sangue e de urina. Depois dos exames, a mãe percebeu manchas por todo o corpo de Nicollas, mostrou para o médico e ele disse que os pais não precisavam se preocupar.

As manchinhas sumiam ao serem apertadas, o que o profissional achou que poderia ser uma reação do sangue, então os responsáveis pelo menino poderiam voltar para casa com tranquilidade e, se os sintomas persistissem, deveriam voltar ao hospital.

De acordo com Thamy, a febre continuou a subir e eles precisaram levar Nicollas novamente ao hospital, dessa vez em outra localidade. O médico chegou a dizer que podia ser meningite, mas o resultado deu negativo. Até que decidiram ir em outro hospital e receberam o diagnóstico de Síndrome de Kawasaki, mas não puderam internar o menino no mesmo.

Então ele foi transferido para uma UTI em São Bernardo do Campo, onde, após internação, foram feitos mais exames e o diagnóstico deu positivo para a covid-19. na verdade. A partir desse momento, o menino Nicollas trocou de tratamento e foi melhorando dia após dia, até obter alta. Agora o pequeno está bem, forte e venceu a doença.