Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Mulher que estava grávida recebe alta depois de passar 84 dias internada com covid-19, mas seu bebê não resistiu

Priscila Silva dos Santos, de 35 anos, ficou 84 dias internada em um hospital em Santos, no litoral de São Paulo.

PUBLICIDADE

A promotora de vendas passou 60 dias na Unidade de Terapia Intensiva, estava grávida de 8 meses e infelizmente perdeu o filho devido às complicações da covid-19.

Thiago Martins de Maria, de 36 anos, marido de Priscila falou que toda a família se sensibilizou e ficou emocionada com tudo o que Priscila passou, assim como sua recuperação.

PUBLICIDADE

Priscila foi internada no dia 6 de maio, teve muitas complicações, pois possui bronquite asmática, ela tem um filho de 7 anos e todos da família pegaram a covid-19, mas ela foi a única que apresentou sintomas graves da doença.

Todos da família pensaram que ela iria sair rapidamente porque nenhum deles se sentiu mal por causa da doença, mas ela foi internada e até precisou ser entubada. Devido à gravidade do seu estado de saúde, foi necessário fazer uma cesariana para tirar o bebê, que infelizmente já estava sem vida, por insuficiência respiratória.

Priscila foi muito guerreira, familiares chegaram a desanimar e desacreditar devido a tantos boletins ruins, ela não reagia a nenhuma medicação, teve convulsão, trombose e duas paradas cardíacas.

Os médicos falaram que era para os familiares se apegarem a Deus, que oraram e pediram ao mesmo. Enquanto isso, sofreram muito e passaram por momentos angustiante. Até que, no dia 29, quarta-feira, Priscila recebeu alta e está em casa, conforme dito por Thiago em entrevista ao G1.