Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Mulher tem placenta roubada após casa ser invadida: ‘pensaram que era carne’

Um roubo, no mínimo, incomum acabou marcando uma família na cidade de Morro da Fumaça, em Santa Catarina. A residência foi invadida por criminosos e os itens subtraídos acabaram chamando a atenção não só da família, como também da mídia.

PUBLICIDADE

Os assaltantes levaram carnes, 1 kg de bombom, R$3,6 mil e até mesmo uma placenta congelada. Paula Roseng, de 25 anos, mora com os pais e a filha pequena; ela conta que na manhã após o roubo ainda ficaram sabendo que outros vizinhos também tinham sido alvo dos criminosos.

Chamou a atenção que os assaltantes tenham agido em silêncio ao ponto de não serem flagrados por nenhum morador. Ainda assim, tiveram tempo para revirar as casas das vítimas. No entanto, os itens roubados são o que mais chocam.

PUBLICIDADE

Segundo Roseng, seus vizinhos não chegaram a ser roubados porque não tinham carnes na geladeira. Sua família, no entanto, perdeu comida e dinheiro em espécie que tinha no imóvel, totalizando R$3,6 mil – incluindo o saque de aposentadoria dos pais.

A moradora explica ainda que os assaltantes tiveram a chance de roubar computadores, telefones e outros objetos de valor, mas deixaram tudo para trás. Outro item roubado foi a placenta que Roseng guardava para plantar com a filha.

Eu até tinha esquecido da placenta. Eu queria guardar para que quando ela fosse maior, nós plantássemos juntas, para ela entender mais desse processo da gestação que foi tão importante para minha vida“, explica ela, que acredita ainda que os assaltantes tenham pensado que o item era uma carne.

O caso foi denunciado a polícia, que investiga o crime.