Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Número de mortos pelo coronavírus na Itália chega a 827 e pelo menos 1000 pessoas ainda estão internadas na UTI

O coronavírus, agora chamado de Covid-19, tem causado pânico em todo o mundo. Já são muitos os casos confirmados em muitos países, tendo alguns tido uma quantidade bem grande, como a China, Coréia do Sul, Japão e Itália.

PUBLICIDADE

Dentre os países afetados, Itália está em segundo lugar com relação ao grande número de casos confirmados.

Em cerca de 24 horas, o país chegou a registrar por volta de 2 mil novos casos da doença. Essa informação foi dada pelo Ministério da Saúda na última quarta-feira, 11 de março.

PUBLICIDADE

O número de pessoas que morreram em decorrência da doença também assusta, sendo 631 há pouco tempo atrás e em poucas horas passando para 827. Cerca de 5800 pacientes ainda permanecem internados por conta do Covid-19, o que é preocupante. Desse total, 1028 pessoas estão em estado grave na UTI.

A situação é extremamente preocupante, pelo fato de haver muitos casos de transmissão local no país, e até pessoas que saíram do país e levaram essa doença para outros lugares.

Algumas medidas de proteção estão sendo tomadas, como o isolamento domiciliar, por exemplo, onde pelo menos 3724 pessoas que já tiveram seu diagnóstico confirmado para coronavírus permanecem em suas casas, devidamente isoladas, para que não haja contágio.

A média mundial de letalidade é de 3,6%, porém na Itália esse número já foi ultrapassado, chegando a 7,6% em pouquíssimo tempo.

Segundo alguns pesquisadores e especialistas, esse número tão alarmante pode ser fruto da quantidade de idosos no país, isso porque os mesmos já possuem histórico de doenças e acabam sendo vítimas mais fáceis do Covid-19.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o número de óbitos decorrentes do coronavírus é grande e causou uma pandemia em todo o mundo, e afirmaram que esse número poderá aumentar consideravelmente nas próximas semanas.