Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

País vai pagar para infectados pelo novo coronavírus ficarem confinados

Em Buenos Aires, onde estão cerca de 38% dos argentinos, o governo decidiu pagar para que os cidadãos infectados pelo novo coronavírus aceitem ficar em locais que são chamados de Centros de Isolamento Social.

PUBLICIDADE

Axel Kicillof, governador da província de Buenos Aires, explicou que não são todas as pessoas que têm condições financeiras de ficarem dentro de casa em isolamento, porque, mesmo contaminadas pela Covid-19, elas alegam que precisam sair para trabalhar, do contrário podem até passar fome.

O que o governo argentino pretende é pagar o valor de 500 pesos por dia, o que equivale a cerca de 35 reais, para incentivar que os infectados fiquem isolados em albergues e assim evitem a transmissão da doença para outras pessoas.

PUBLICIDADE

Esse programa está sendo chamado de “Acompanhar” e a missão é ajudar financeiramente os doentes que apresentam sintomas leves e precisam ficar em isolamento social, do contrário será muito difícil barrar o avanço da pandemia.

Como muitas pessoas não estão ficando em casa e saem para trabalhar, o pagamento seria uma forma de compensar o tempo em que ficariam isoladas. Porém, esse valor é pago por, no máximo, 10 dias, sendo assim, cada infectado receberá até 5 mil pesos, equivalentes a 350 reais.

Esse valor é metade da ajuda financeira que o governo argentino repassa mensalmente aos cidadãos de baixa renda neste período de pandemia.

Muitos perderam o emprego e estão passando necessidades básicas, não conseguindo comprar nem mesmo alimentos.