Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

‘Pode chamar quem quiser, sou branca’: afirma mulher depois de ser acusada de chamar funcionário de shopping de ‘macaco’

  • Roberta R 

Um caso revoltante aconteceu em um shopping em São José dos Campos, interior do estado de São Paulo. Uma mulher, acusada de racismo, casou revolta ao desafiar as pessoas que a questionavam. “Pode chamar quem quiser, sou branca”, afirmou.

PUBLICIDADE

O caso foi testemunhado por outros clientes do shopping que perceberam o momento em que ela teria chamado um dos funcionários de “macaco, sujo”. Incomodada com a situação, outra cliente decide seguir a mulher e, enquanto a filmava, anuncia que vai chamar a polícia.

Nesse momento, a mulher, que não foi identificada, debocha da situação e diz que é branca e por isso sairá impune. A polícia chegou a ser chamada, mas quando os agentes chegaram no shopping, a mulher já havia deixado o local. A vítima, um funcionário negro, preferiu não registrar o boletim de ocorrência.

PUBLICIDADE

Ainda de acordo com o jornal Extra, o Vale Sul Shopping, local onde tudo aconteceu, afirmou em nota que está prestando assistência ao funcionário. Na nota, a empresa também repudiou o incidente e condenou o racismo.

Páginas: 1 2