Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Processada por racismo, Luisa Sonza é cobrada por fãs após silêncio

Em 2020, a advogada Isabel Macedo entrou com um processo contra a cantora Luísa Sonza por um suposto caso de racismo acontecido dois anos antes. A advogada relata que, durante uma viagem, a cantora teria sido rude ao trata-la como se fosse funcionária no local.

PUBLICIDADE

Macedo e Sonza não se conhecem, mas ambas estavam em Fernando de Noronha. Isabel comemorava seu aniversário quando o episódio aconteceu. Em entrevista ela chegou a narrar o ocorrido:

No evento tinham vários famosos, mas nem sabia quem era ela. Nunca tinha ouvido falar. Foi então que ela virou, bateu no meu ombro e disse ‘Pega um copo d’água pra mim?, conta. A advogada explica que questionou a cantora, que respondeu perguntando “você não trabalha aqui?“.

PUBLICIDADE

O caso se arrasta desde 2020 e, na última semana, teve uma audiência desmarcada. O caso tem dividido internautas, mas até mesmo fãs da cantora estão incomodados com o silêncio adotado. Isso porque Sonza não se manifestou sobre o assunto.

Em 2020, Sonza acusou a advogada de estar mentindo na ação. Em um tweet, a cantora afirmou que seu publico a conhece e que ela “jamais ofenderia outra pessoa por conta da cor de sua pele“.

Veja a publicação que ela fez a seguir.

Páginas: 1 2