Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Rapaz de 28 anos morre no presídio com suspeita de covid-19; ele foi condenado a 5 anos por ter sido pego com 10g de maconha no bolso

A morte de um detento em Minas Gerais tem gerado polêmica e muitas críticas. Lucas Morais foi condenado a 5 anos e 6 meses de prisão depois de ser pego com 10 gramas de maconha. Morais estava em casa, com o uniforme do trabalho, quando foi abordado.

PUBLICIDADE

A polícia foi até a casa de Morais depois de uma denúncia. Um adolescente apreendido em outra ação afirmou que havia comprado parte da droga que portava com Lucas. O advogado de Lucas, no entanto, afirma que não haviam provas consistentes.

Lucas já havia cumprido quase 2 anos da pena, dada em primeira instância, e tinha audiência de apelação marcada para o dia 28 de julho. O advogado do rapaz, Felipe Peixoto, acredita que ele seria inocentado pela falta de provas.

PUBLICIDADE

Lucas teve 3 pedidos de habeas corpus negados desde que foi preso. Ele trabalhava, na época em que foi preso, em um armazém de café. A polícia chegou em sua casa por volta da 00h e realizou uma revista, quando encontraram as 10 gramas da droga. Lucas afirmou que a droga era para consumo próprio, ainda assim foi indiciado por tráfico.

Páginas: 1 2