Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Senado aprova R$120 bilhões em socorro emergencial para estados e municípios

  • Roberta R 

Uma nova medida de socorro aos estados e municípios foi aprovada em sessão virtual do Senado. De acordo com o texto, um crédito de R$120 bilhões deve ser disponibilizado aos entes federados. A expectativa é que a primeira parcela deste montante seja pago ainda na segunda semana de maio, mas a matéria precisa ser aprovada pela Câmara dos Deputados.

PUBLICIDADE

O auxílio emergencial aos municípios e estados será de 4 meses. O texto prevê o pagamento de R$60 bilhões diretamente aos caixas dos governos e prefeituras, sem interferência federal. A matéria prevê que R$10 bilhões sejam gastos exclusivamente com a saúde. O texto determina ainda que profissionais que atuem diretamente contra o coronavírus não devem sofrer com congelamento de salários, bem como a suspensão por um ano das dívidas dos estados e municípios com a União e Bancos Públicos.

Governadores cobram medidas do governo federal

Na luta contra a pandemia do novo coronavírus, as medidas adotadas por governadores estaduais foram e continuam sendo duramente criticadas pelo presidente Jair Bolsonaro. O presidente acredita que as medidas de isolamento social estão prejudicando a economia do país. Em contrapartida, governos estaduais e municipais acreditam que cabe ao governo federal a administração econômica para proteger o país.

PUBLICIDADE

Na saúde, diversos estados passam por crise. O estado do Amazonas é um dos mais afetados e a crise, acreditam os especialistas, tende a piorar. Não são poucas as denúncias por falta de equipamentos de segurança para profissionais da saúde, além de leitos de UTI, respiradores e outros recursos básicos para o atendimento dos pacientes.

O estado será o primeiro a receber o programa Brasil Conte Comigo, que levará novos 581 profissionais da saúde para atuação direta contra o covid-19 no estado. Imagens de novas covas abertas em cemitérios de Manaus e São Paulo circulam pelas redes sociais e causam verdadeiro choque em toda a população.