Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Será o fim do mistério? Polícia alemã faz busca em canteiro após novas pistas sobre o caso Madeleine McCann

Em junho deste ano, fatos novos foram descobertos e trouxeram a esperança do encerramento do caso Madelaine. A menina desapareceu, em Portugal, no ano de 2007. Até hoje, não existe confirmação se a menina estaria morta ou se foi sequestrada.

PUBLICIDADE

Agora, a polícia alemã acredita ter provas suficientes para considerar um novo suspeito. Christian Brückner de 43 anos, é um cidadão alemão que vive próximo ao hotel português, de onde a menina foi subtraída naquele ano. Christian é condenado por crimes de pedofilia.

Christian esta detido em Kiel, por outro crime. Ele já foi condenado por estupro em Portugal e já havia sido considerado um suspeito anos atrás, o que acaba pesando como crítica a polícia alemã, que teria notificado Christian sobre seu status na investigação.

PUBLICIDADE

Críticos analisam que o alerta pode ter permitido que o homem buscasse encobrir seus rastros. O suspeito pode estar envolvido também no desaparecimento de Inga Gehricke, 5 anos, e René Hasee, menino alemão que também desapareceu em Portugal.

A polícia alemã agora esta escavando um canteiro associado a Brückner, onde acreditam que podem estar enterradas ossadas das crianças desaparecidas. Os investigadores alemães não acreditam que as crianças estejam vivas e já afirmaram que descartam a ideia.

Além das três crianças já citadas, a polícia alemã esta revisitando casos de crianças desaparecidas naquele período para avaliar se Brückner também pode estar envolvido nos casos. Christian nega envolvimento no desaparecimento de Madeleine McCann.