Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Vídeo mostra situação precária em UPA no estado do Pará e levanta alertas

  • Roberta R 

Um vídeo que circula nas redes sociais, e foi noticiado em alguns canais de TV, mostra uma situação dramática: em UPA de Marambaia, no Pará, corpos com suspeita de covid-19 ficam no chão por falta de câmaras frigoríficas. Em nota, governo afirma que a situação foi temporária e corpos estavam aguardando remoção.

PUBLICIDADE

No vídeo, é possível ver 7 corpos, dos quais 4 estão no chão, enquanto 2 estão nas câmaras disponíveis e 1 aparece sobre uma maca. Não são dadas muitas informações pelo homem que gravou o vídeo, mas a cena espanta e ligou o alerta. As UPAs tem sido acionadas pela população em muitos casos suspeitos de coronavírus, especialmente porque a rede hospitalar já começa a dar sinais de sobrecarga. Segundo informações do SBT, 74% dos leitos da rede estadual hospitalar esta ocupada.

PUBLICIDADE

Sobre o vídeo divulgado, a SESMA, secretária municipal de saúde de Belém, os corpos são de casos suspeitos de covid-19 e outras complicações, mas a secretária não soube informar a quantidade exata de casos suspeitos de covid-19 entre os mortos que aparecem no vídeo. As imagens, geraram revolta na população.

Ao todo, o estado do Pará confirma 1.446 casos de covid-19 e 75 mortes. O maior número de contaminação na estado esta centralizado na cidade de Belém, que soma 1.341 casos. No caso das vítimas que aparecem no vídeo, ainda não foi confirmado covid-19 em nenhum dos 7 casos, isso porque o resultado do exame ainda não foi divulgado.

O Norte do país soma 11,6% dos casos do novo coronavírus no Brasil, segundo dados do governo. A região mais afetada é o sudeste, com 50,8% dos casos, onde o epicentro é São Paulo com 17.826 casos confirmados e 1512 mortes. Seguindo São Paulo, Rio de Janeiro é o estado com o segundo maior número de casos, sendo 6282 casos confirmados e 570 mortes.