Pular para o conteúdo
PUBLICIDADE

Vídeo: pastores vestidos de PMs obrigam usuários de drogas a serem internados; imagens impressionam

Um vídeo compartilhado nas redes sociais tem chocado muitas pessoas por mostrar carros pretos que têm giroflex e onde estão homens fardados. O veículo aparece à noite e para bem ao lado de um amontoado de pessoas, jovens que estão na favela chamada Sol Nascente, localizada na região de Ceilândia, Distrito Federal.

PUBLICIDADE

Os homens fardados descem, mas, para surpresa de todos, começam a fazer uma pregação bíblica.

De acordo com o portal The Intercept Brasil, são evangélicos fingindo ser policiais militares e eles fazem abordagens que começam com pregação, mas logo em seguida tentam levar os usuários de drogas para centros de internação, sem ter nenhuma indicação médica e muito menos ordem judicial.

PUBLICIDADE

Esses evangélicos se autodenominam “agentes” e usam coletes que parecem ser à prova de balas, além de usarem distintivos parecidos com os da PM. Nos carros, há rádios para comunicação e os veículos passaram por uma mudança e ficaram parecidos com viaturas, inclusive na traseira há “cela” para prender alguém.

Vale lembrar que os artigos 45 e 46 deixam claro que é crime se passar por um funcionário público ou mesmo usar uniforme ou distintivo de uma função que não exerce. As pessoas que desrespeitam esta lei podem pegar até 5 anos de prisão.

O The Intercept Brasil denunciou que a Polícia Militar do Distrito Federal está ciente da situação, mas fingindo que não acontece nada, e com isso esse grupo de pastores evangélicos está agindo na região há cerca de uma década.

Mas graças a várias denúncias que estão sendo feitas, a Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Deputados do Distrito Federal resolveu investigar o caso, que também já foi levado ao Ministério Público e até à Secretaria Pública do DF.